Élodie Kornheiser fez a sua formação 

em talha direita com o escultor francês PETRUS. 
Em 1999, ela assina um contrato com a cidade de Cilaos, na Ilha da Reunião, para a realização dum monumento. 
Hoje ela vive entre a Ilha da Reunião, o Brasil e a França, e parece que, apesar da sua idade, ela está já na plenitude da sua arte. 
E obviamente, é raro de encontrar uma artista tão jovem, 
que tem tanta necessidade em espiritualidade, junto com 
uma grande alegria de vida e um prazer intenso de criar.

 

**************************************************************

 Da lenda celta ao misticismo indiano, 
da trança africana ás pirâmides do Egito, 
eu trilho o espaço. 

Escultor de pedra, escultor de sonhos, 
a minha natureza mantém-se próxima à natureza. 
Existe na minha mente florestas místicas, 
a meticulosidade da madeira, a juventude eternal. 

Somente iniciados têm os seus meios de viagem 
onde não há fronteiras entre a ordem natural 
e irracionalidade. 

Élodie KORNHEISER